20 quartos de bebé: uma mão cheia de inspiração para criar um mundo de sonho!

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

20 quartos de bebé: uma mão cheia de inspiração para criar um mundo de sonho!

Sílvia Cardoso—homify Sílvia Cardoso—homify
by Traço Magenta - Design de Interiores Modern
Loading admin actions …

A chegada de um bebé altera por completo a rotina numa casa. Os dias são mais ocupados, mas também mais felizes. Uma das partes mais apaixonantes é decorar o quarto do bebé. Em inglês, esta fase é conhecida como “nesting” que se pode traduzir por “preparar o ninho”. 

Embora os bebés permaneçam no quarto dos pais durante os primeiros meses de vida, não se pode dispensar um quarto para eles com tudo o que isso implica. Decorar um quarto de bebé deve ser uma tarefa pensada ao pormenor, pelos cuidados constantes de que ele precisa. Os móveis, as cores e a iluminação são elementos a considerar. Para além disso, e acima de tudo, deve ser aconchegante e funcional. 

Vamos deixar-lhe algumas sugestões para decorar o quarto do seu bebé. Tome nota!

1. Berço

O berço é, por norma, o primeiro móvel a comprar e a peça central de um quarto de bebé. É lá que o bebé vai começar e acabar o dia e, se tudo correr bem, dormir umas sestas pelo meio.

Independentemente do estilo do berço, é fundamental que se tenha em conta a segurança do bebé. Sugerimos que procure um berço cujas partes laterais sejam amovíveis e ajustáveis. Estes berços oferecem uma maior comodidade aos pais e garantem a segurança do bebé. Se herdar um berço antigo, certifique-se de que a estrutura vai ao encontro dos princípios de segurança basilares. Hoje em dia, muitas marcas fabricam berços com materiais sustentáveis e tintas atóxicas, o que é uma mais-valia.

Procure, também, um colchão confortável com uma protecção impermeável e lençóis macios.

2. Cómodas, roupeiros e trocadores

Depois de escolhido o berço, pode começar a procurar uma cómoda para guardar a roupa do bebé, assim como um roupeiro, caso o quarto não tenha um embutido. Aconselhamo-lo a comprar divisórias para as gavetas, tal como as da imagem acima, para manter tudo organizado. A linha SKUBB da IKEA é ideal para o efeito.

Para mudar as fraldas, é fundamental ter um trocador. Os trocadores têm prateleiras onde pode colocar os produtos de higiene, as fraldas, os toalhetes, as roupas que queira ter mais à mão, entre outras coisas. Actualmente, existem os trocadores anatómicos que proporcionam mais conforto ao bebé. Muitas vezes, o trocador de fraldas vem na mesma estrutura da cómoda ou do berço. Estes móveis polivalentes são práticos e ocupam menos espaço.

3. Cores, papéis de parede e iluminação

Um quarto de bebé deve ter um ambiente calmo e relaxante. Para isso, são fundamentais a paleta cromática e a iluminação.

No que toca às cores, diríamos que os tons neutros e pastel são os mais populares devido à serenidade que transmitem. Nos dias que correm, as pessoas já não se prendem tanto ao cliché de escolher o azul para meninos e o cor-de-rosa para meninas. Pode fazê-lo, como é óbvio, mas pode, também, explorar outros tons como, por exemplo, o bege e o cinza que são versáteis em todos os sentidos.

Outra forma de valorizar o ambiente é através de um papel de parede. Favoreça papéis de parede com padrões simples ou clássicos—como as riscas—para que não sobrecarreguem o espaço.

No que à iluminação concerne, privilegie luzes com temperatura de cor quente, em detrimento de luzes frias e brancas. As luzes alaranjadas e difusas são as mais adequadas para criar um ambiente de paz. Complemente o candeeiro de tecto com candeeiros de pé e de mesa e aposte num regulador de intensidade (dimmer).

4. Um quarto montessoriano

O Método Montessori é-lhe familiar? Olhe que tem dado que falar nos últimos tempos! Trata-se de um método desenvolvido pela médica e pedagoga italiana Maria Montessori que se define pela importância dada à autonomia, liberdade e respeito pelo desenvolvimento natural das crianças.

Um quarto equipado e decorado segundo o método montessoriano deve ser funcional e estimular a aprendizagem da criança. Para que tal aconteça, é essencial que o ambiente seja simples, prático, que não tenha brinquedos em excesso e que os mais pequenos consigam aceder facilmente a tudo para que assim desenvolvam a sua autonomia. A ideia é criar um espaço fácil de ser explorado e que desperte a curiosidade dos mais novos, mas sem que a segurança seja comprometida.

É, também, crucial criar um espaço organizado onde os ambientes com propósitos distintos estejam bem definidos: zona para brincar, zona para ler, zona para dormir, e assim por diante. À medida que a criança cresce, vá ajustando o quarto às necessidade dela, incluindo outras áreas (de estudo, por exemplo).

Se está prestes a ter um bebé, então é possível que já lhe tenham oferecido inúmeros brinquedos. Não caia na tentação de os expor todos de uma vez. Organize-os por faixa etária e dê-os gradualmente ao seu filho.

5. Os detalhes contam

Depois de escolher o principal, debruce-se sobre os detalhes. São eles que personalizam os ambientes e que os tornam mais acolhedores. Tenha sempre em mente o mote menos é mais e escolha pormenores bonitos que não tornem o quarto demasiado pesado. As grinaldas de luz, os quadros, as casinhas de madeira na parede, as almofadas ou as bandeirolas são alguns dos elementos decorativos que podem fazer toda a diferença. Use-os com peso e medida.

6. Uma poltrona para garantir o conforto dos pais

Não se esqueça do seu próprio conforto e coloque uma poltrona no quarto do seu bebé. Vai passar muitas horas nesta divisão a brincar com ele, a embalá-lo, a adormecê-lo ou a alimentá-lo. Pode até apostar numa cadeira de baloiço para o acalmar naquelas noites mais difíceis.

7. Um decorador ou designer de interiores pode ajudá-lo

Se gostou destes projectos e acha que beneficiaria da ajuda de um decorador ou designer de interiores, então percorra a nossa lista de profissionais e escolha um que trabalhe na sua zona de residência.

Modern houses by Casas inHAUS Modern

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!